Ei! Marionetas - Encontro Internacional de Marionetas de Gondomar

Ei! MARIONETAS 2019

El Pero Perdido | ESPETÁCULO DE MARIONETAS

Sinopse / Synopsis

Cachorro Perdido não tem dono.

Um cachorro que vaga pelos destroços de um mundo sedento, procurando por comida, por um teto sobre sua cabeça, por um lugar quente.

Ele veio dos subúrbios para a metrópole quando ainda era um cachorrinho.

Ele nunca mais latiu desde que foi abandonado.

Ele é uma sombra no meio da noite, afastando-se dos faróis dos carros.

Uma peça de teatro de marionetas e objetos, onde a cortina não sobe mais do que o necessário. El Perro Perdido permite que o público compartilhe o ponto de vista do cão. Teatro sem texto, onde as emoções são expressas através das pernas e pés dos atores.

 

Lost Dog has no owner.

A dog wandering through the wreckage of a thirsty world, looking for food, for a roof over his head, for a warm place.

He came to the metropolis from the suburbs when he was still a puppy.

He has never barked again since he was abandoned.

He is a shadow in the night, walking away from the headlights of the cars.

A play of puppetry and object theatre, where the curtain rises no more than necessary. Lost Dog enables the audience to share the point of view of the dog. Theatre without text, where emotions are expressed through the legs and feet of the actors.

Cal Y Canto Teatro

Cal y Canto Teatro foi criado em 2002. Sua estética pessoal, especialmente no teatro de rua, é o resultado da aposta dos fundadores, Ana Ortega e Marcos Castro, por um trabalho de criação própria.

Os espetáculos de Cal y Canto Teatro foram realizadas em festivais de renome por todo o mundo: Espanha, Polônia, Canadá, Taiwan, Coréia do Sul, França, Itália, Holanda, Bélgica, Colômbia, Israel…

Na sua evolução criativa, as produções inventaram novas linguagens, surpreendendo o público. Entre eles, é notável sua investigação sobre o mundo dos papagaios de papel, onde criaram seu próprio imaginário.

O nome da companhia refere-se a um confinamento artístico (cerrado a cal y canto), que termina em uma nova produção.

Na carreira de Cal y Canto, há mais de dez anos, a companhia já se apresentou em dezenas de cidades europeias e participou em renomados festivais internacionais ao redor do mundo.

 

Cal y Canto Teatro was created in 2002. Their personal aesthetics, especially in street theater, is the result of the bet of the founding members, Ana Ortega and Marcos Castro, for a work of own creation.

The plays by Cal y Canto Teatro have been performed in renowned festivals around the world: Spain, Poland, Canada, Taiwan, South Korea, France, Italy, Netherlands, Belgium, Colombia, Israel…

In the creative evolution of Cal y Canto Teatro, their productions have invented new languages, surprising the audience. Among them, it is remarkable their investigation on kites world, where they have created their own imaginary.

The name of the company refers to an artistic confinement (“cerrado a cal y canto” means “closed under lock and key” in Spanish), that ends in a new production.

In the career of Cal y Canto, more than ten years long, the company has performed in dozens of European cities and participated in renowned International Festivals around the world.

Ficha Artística