Ei! Marionetas / Teatro e Marionetas de Mandrágora

Ei! Marionetas / Teatro e Marionetas de Mandrágora

Ei! Marionetas - Encontro Internacional de Marionetas de Gondomar 2024


histórias da terra [ ESPETÁCULO ]


7 JUL 19h00 . DOMINGOParque do Laranjal - Melres
13 JUL 21h00 . SÁBADOJardins da Casa Branca de Gramido
histórias da terrahistórias da terrahistórias da terrahistórias da terrahistórias da terra

histórias da terra

Dos contos maravilhosos tradicionais portugueses, nasce esta obra.

Este espetáculo bebe inspiração à fábula “Cravo, Rosa e Jasmim” de Teófilo Braga, recolhida há mais de cem anos.

Lançamos o desafio de entrar na aventura dos contadores de histórias saltimbancos.

Uma carrinha teatro, que viaja de terra em terra, devolvendo-lhe a tradição oral, o seu estar em comunidade e o fruir de uma arte feita de tempo, de gente e um de olhar artístico repleto de poesia.

o que o Ei! tem a dizer

Uma carrinha que é um teatro, isso já não é novidade nos espetáculos deslumbrantes que passaram pelo Ei! ao longo destes anos, mas ainda assim, é espetacular. Uma carrinha-teatro de marionetas! Imperdível.

Das estórias maravilhosas tradicionais portuguesas, nasce a obra “Cravo, Rosa e Jasmim” de Teófilo Braga. No desafio de entrar na aventura dos contadores de histórias saltimbancos, uma carrinha-teatro, viaja de terra em terra. O estar em comunidade e o fruir de uma arte feita de tempo, de gente e de um olhar repleto de poesia.

Teatro e Marionetas de Mandrágora

O Teatro e Marionetas de Mandrágora é uma companhia profissional de teatro de marionetas com direção artística de Clara Ribeiro e Filipa Mesquita e direção plástica de enVide neFelibata. A Companhia foi fundada a 2 de abril de 2002. Na simbiose de uma linguagem simbólica que conjuga o património e o legado tradicional com o pensamento e a dinâmica da sociedade contemporânea, num diálogo nem sempre pacífico surge um elemento fundamental, a marioneta. Este elemento apoia-nos na procura de uma identidade cultural própria.

O nosso objetivo é o de descobrir as potencialidades estéticas, plásticas, cénicas e dramáticas da marioneta em si mesma, como em relação com o ator e nessa descoberta explorar a dramaturgia que nos caracteriza: a de explorar a cultura, a crença e a lenda aliada à urbe, à exploração tecnológica e à velocidade da aldeia global. Ao longo do nosso percurso artístico têm sido diversas as propostas quer nos públicos; adulto, jovem, escolar e familiar; quer na formação de base ou especializada. Uma das nossas grandes apostas é a digressão nacional e internacional dos projetos. Descentralização, trabalho comunitário, criação em parceria e a valorização social e inclusiva são preocupações preponderantes no nosso quotidiano.

 

Ao longo destes 22 anos afirmámos a Companhia como uma estrutura de criação artística contemporânea através das dezenas de propostas de espetáculos apresentadas nacional e internacionalmente, quer sejam criações próprias, bem como em colaboração com outras estruturas e entidades culturais nacionais e internacionais.

Temos como premissa dar espaço à liberdade criativa da nossa equipa artística, garantindo a existência dentro da própria estrutura de várias linguagens e diversas visões que se unem num ponto comum do desenvolvimento da arte do teatro das marionetas. A ponderação sobre a problemática das fragilidades sociais e um olhar atento sobre tradições e sobre o património são as bases da dramaturgia da estrutura que se consolidam em olhares distintos, mas simultaneamente convergentes.

É fundamental o diálogo com os diferenciados públicos e a envolvência da criação nos distintos contextos e espaços, bem como a interceção entre entidades e estruturas, criando propostas multidisciplinares que visam sobretudo a comunicação artística com os públicos.

Salienta-se ainda a colaboração com inúmeros serviços educativos no programa de implementação de atividades em instituições como monumentos, museus e património edificado.

ficha artística

ENCENAÇÃO E INTERPRETAÇÃO Filipa Mesquita
CONSULTADORIA ARTÍSTICA Clara Ribeiro
ACOMPANHAMENTO enVide neFelibata
CENOGRAFIA Cirilo Reis, Marta Fernandes da Silva, Vânia Kosta
MARIONETAS Marta Fernandes da Silva
APOIO ÀS MARIONETAS Rúben Gomes
FIGURINOS Beatriz Filomeno
MÚSICA CÉNICA César Cardoso
DIREÇÃO TÉCNICA DE LUZ E SOM César Cardoso
OPERAÇÃO DE SOM Nuno Granja
FOTOGRAFIA PROMOCIONAL Filipa Rodrigues
ILUSTRAÇÃO E DESIGN Pedro Araújo, Rúben Gomes
PRODUÇÃO EXECUTIVA Hélder Duarte
PRODUÇÃO Teatro e Marionetas de Mandrágora
APOIO República Portuguesa - Cultura, DGARTES – Direção-Geral das Artes, Município de Espinho/Câmara Municipal de Espinho, Município de Gondomar

links


download

ARQUIVO IMAGEM GALERIA 26.1 Mb
OG-11-EVENT.PNG 1.3 Mb
OG-11-FACEBOOK.PNG 3.7 Mb
OG-11-INSTAGRAM.PNG 4 Mb
^